• White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

© 2016 por Claudia Lima. Todos os Direitos Reservados

Parcerias

2018 - Novas ações

O Projeto Somos Todos Viajantes através de sua iniciativa #PorAmorAoMar adere

desde 2018 à campanha #MaresLimpos recebendo o importante apoio da ONU Meio Ambiente, braço ambiental das Nações Unidas no Brasil.

Compromisso Global

Sobre as baleias ....

Estima-se que hoje, infelizmente, mais de 58 orcas estejam mantidas em cativeiro em vários lugares do mundo, assim como outros animais, como golfinhos e focas, servindo de entretenimento em parques temáticos.

Aqui no Brasil a natureza nos dá um lindo presente: a visita anual das baleias jubarte na região de Abrolhos, na Bahia e das baleias franca em Santa Catarina, de julho a novembro. A natureza não tem fronteiras. As baleias habitam muitos mares e neste período buscam nossas águas quentinhas para se reproduzirem e terem seus lindos filhotes.

Após o período de amamentação, com os filhotes já fortalecidos, partem para a grande viagem rumo ao sul do planeta, onde se alimentam nas águas geladas da Antártida.

Só retornam no próximo ano, para mais um ciclo de vida.

Não é incrível que, por tantos mares em que viajam, tenham escolhido nossa costa para cumprirem uma etapa tão delicada de seu ciclo de vida? 

Que seja sempre assim!

Para conhecer mais sobre as baleias que chegam ao Brasil, visitei o Projeto Baleia Jubarte e a APA Baleia Franca convidando-os  para compartilharem conosco suas experiências  na proteção das baleias e de suas áreas naturais onde este divino espetáculo acontece todos os anos.   

Apresentando o projeto para o time da APA da Baleia Franca

Sobre os pinguins ...

Na Patagônia Argentina, em área natural protegida, visitei a maior colônia reprodutiva dos simpáticos pinguins-de-Magalhães.

 

Eles escolheram livremente este lugar para cumprir uma parte de seu ciclo de vida, em movimentos migratórios que acontecem todos os anos.

 

Ao mesmo tempo que apreciar a vida fluindo, indo e vindo, em delicadeza e liberdade é para mim motivo de imensa alegria, me dou conta da total fragilidade da vida e da importância de se gerarem condições para mantê-la em equilíbrio.

Temos total responsabilidade sobre os nossos hábitos urbanos, que impactam diretamente a vida marinha.

No Brasil, a APA da Baleia Franca instituiu um protocolo de ação para monitoramento e reabilitação desses animais com outras instituições em rede, como universidades, ONGs – Projeto Baleia Franca e Associação R3 Animal, e instituições ligadas ao governo brasileiro e ao Estado de Santa Catarina, na região Sul, que por desvio de rota na busca de alimento, acabam chegando às praias brasileiras debilitados, muitas vezes por ingestão de lixo marinho, exaustos, feridos ou sujos de óleo.

Convidei a Associação R3 Animal para compartilhar conosco suas experiências com os pinguins.

Sobre as abelhas....

 

As abelhas, além de produzirem mel, são responsáveis pela variedade e quantidade da maior parte dos alimentos que consumimos hoje, por meio de sua ação polinizadora.

O seu desaparecimento tem sido um fato reportado no Brasil e em várias partes do mundo como um tema preocupante.

Sim, as abelhas tão pequeninas desempenham uma ação muito importante para o planeta!

Proteger as abelhas evita seu desaparecimento e garante o equilíbrio do meio ambiente.

O uso de agrotóxicos nas plantações, as mudanças climáticas, os desmatamentos e as queimadas que destroem seu habitat natural, bem como o ataque de parasitas, são algumas causas possíveis já identificadas pelos cientistas, mas as pesquisas continuam.

 

Como podemos ajudar?

• Cultivando flores. As flores alimentam as abelhas.

• Consumindo alimentos orgânicos. Isso apoia os agricultores que não usam pesticidas.

• Deixando de usar veneno para matar ervas daninhas em nosso jardim.

• Comprando mel puro e orgânico (sem resíduos químicos). Isso contribui com as boas práticas do mundo.

 

Convidei a ONG BEE OR NOT TO BE, que tem um belíssimo trabalho de conservação das abelhas para compartilhar conosco suas experiências.